| Eleição é coisa séria |

Página Inicial

31/10/04

MONS. PEDRO TEIXEIRA CAVALCANTE *

       Chegou o dia esperado! Depois do final do primeiro turno, os ânimos se acirraram. Muita coisa foi dita no fragor da batalha, no entusiasmo da campanha. Os eleitores de cada candidato fizeram de tudo para conquistar os indecisos e aqueles que votaram nos candidatos derrotados. Agora, chegou a hora; a hora da decisão, uma decisão para quatro anos de administração municipal. Maceió está precisando de verdade de alguém que conheça, ame e queira trabalhar pela nossa cidade. Os seus habitantes já estão cheios de demagogia, de promessas, de mentiras do tempo da propaganda eleitoral. Eleição é coisa séria e não se pode brincar com o destino de uma cidade, capital de um Estado. A verdade é que os alagoanos, hoje, têm vergonha, quando visitam outras capitais nordestinas. O exemplo mais chocante é Aracaju, que até pouco tempo parecia uma cidadezinha do interior e que agora tomou ares de capital pequena, porém desenvolvida, limpa e bonita. Eleição é coisa séria e, por isso, já que só temos dois candidatos, olhemos o passado, as realizações, o programa proposto, o conhecimento, o caráter de cada um e, de consciência sã e tranqüila, votemos em um dos dois. Jamais vendamos o nosso voto, para não sermos tão desonestos quanto aqueles que querem comprá-lo. Não façamos das eleições apenas um dia de festa, um dia de se ganhar um dinheirinho a mais. Lembremo-nos de que Maceió está em jogo; que seu destino está em nossas mãos; que precisamos de um prefeito que de fato fará tudo, para que nossa querida cidade seja orgulho dos alagoanos. Votemos com seriedade e com consciência tranqüila, porque eleição é coisa séria.


* É DOUTOR EM TEOLOGIA E VIGÁRIO-GERAL

Copyright  2004 -  Paróquia Divino Espírito Santo - Maceió/AL