| Arquidiocese planejada |

Página Inicial

30/11/04

MONS. PEDRO TEIXEIRA CAVALCANTE *

       Nos meados de novembro, justamente nos dias 14, 15 e 16, a Arquidiocese de Maceió, mediante seus padres, diáconos e representantes do Povo de Deus, esteve reunida no Centro Social Dom Adelmo, no Vergel do Lago, para organizar o seu planejamento para o ano de 2004. Foi a nona Assembléia Arquidiocesana, em Maceió.
     O objetivo dessa assembléia foi expresso pelo arcebispo, quando disse que ele se sintetizava em três verbos, a saber, rever, planejar e organizar as atividades da arquidiocese.
     Todo este objetivo parte do grande objetivo da Igreja no Brasil, que assim reza: “Evangelizar proclamando a Boa Nova de Jesus cristo, caminho para a santidade, por meio do serviço, diálogo, anúncio e testemunho de comunhão, à luz da evangélica opção pelos pobres, promovendo a dignidade da pessoa, renovando a comunidade, formando o povo de Deus e participando da construção de uma sociedade justa e solidária, a caminho do Reino definitivo.”
     Neste ano, a Arquidiocese de Maceió, a exemplo do que aconteceu com a CNBB nacional e regional, tudo se concentrou na pessoa humana. Com a participação de quase duzentos membros, a assembléia chegou a várias conclusões, que foram transformadas em projetos para o novo ano, na âmbito da pessoa humana vista pela sua dignidade cristã.
     Digna de nota nessa assembléia foi a conferência pronunciada pelo padre Henrique Soares da Costa sobre a pessoa. O conhecido e culto sacerdote, partindo da filosofia grega, aprofundou o conceito de pessoa na ótica cristã, fundamentando-se na análise da pessoa na Santíssima Trindade. Abertura, subsistência, solidariedade, justiça e amor foram dados concretos, que padre Henrique apresentou para a platéia como conseqüências práticas para uma visão cristã da pessoa humana.


* É DOUTOR EM TEOLOGIA E VIGÁRIO-GERAL

Copyright  2004 -  Paróquia Divino Espírito Santo - Maceió/AL