| Retiro do Clero |

Página Inicial

27/07/03

MONS. PEDRO TEIXEIRA CAVALCANTE *

        Entre os dias 7 e 11 de julho, realizou-se o retiro anual do Clero de Maceió. O local escolhido para esse encontro espiritual foi a chamada Colônia dos Padres, uma Casa de Retiro dos Salesianos, que fica em Jaboatão dos Guararapes.
        Retiro é um tempo precioso na vida de qualquer pessoa, porque é um espaço de tempo, em que alguém, no recolhimento e na oração, mergulha, à luz do Espírito Santo, dentro de si à procura de Deus e dentro de Deus à procura de si. Retiro é um tempo de meditação, de oração mais intensa, de um exame retrospectivo da vida e, sobretudo, de decisão. No caso dos padres, uma renovação de uma vida em Deus, de um compromisso com a Igreja, de uma existência dedicada aos irmãos. Retiro é tempo de se recarregar as baterias interiores; de abertura aos horizontes infinitos de Deus; de contemplação de nossa caminhada no contexto da missão e da vocação nas linhas do futuro e do passado. Retiro é um kairós, ou seja, tempo de graça; tempo de acerto de contas e de reestruturação dos propósitos.
        Neste ano, o pregador foi o arcebispo de Maringá-PR, dom João de Aviz. Moço, inteligente, piedoso, convencido do que diz, exemplo na prática do que prega e ensina. Seu tema básico foi a espiritualidade de comunhão, espelhada na Santíssima Trindade.
        Graças a Deus, acabou a fase em que o mistério trinitário era crido, mas temido e desconhecido, quando não desvalorizado. Hoje, a Trindade saiu do exílio e todos nós sabemos que viemos e iremos para a Trindade, de tal maneira que nossa vida se move no de, no na e no para a Trindade. Já não temos medo do mistério trinitário; antes, ele passou a ser o trilho da caminhada, a razão da existência, a meta sonhada, almejada e buscada. Foi bom demais envolvermo-nos com o Deus, uno e trino, na busca de luz e de força para continuar a marcha neste vale de lágrimas.

* É DOUTOR EM TEOLOGIA E VIGÁRIO-GERAL

Copyright  2003 -  Paróquia Divino Espírito Santo - Maceió/AL