| Celebridade |

Página Inicial

24/06/04

MONS. PEDRO TEIXEIRA CAVALCANTE *

       

            Vi, em certo noticiário local da TV, que uma novela, chamada celebridade, tem mexido com a cabeça de muita gente. Muita gente mesmo, dizia o repórter, está querendo fazer de tudo para se tornar uma celebridade. E, neste caso, vale tudo: dinheiro, adornos, beleza, posição social, guarda-costas, vestuário etc. Reflitamos um pouco sobre isso.

Em primeiro lugar, não se pode deixar de notar como os meios de comunicação têm uma força extraordinária de formar a cabeça das pessoas. Para o bem ou para o bem; para a mediocridade ou para a superioridade; para o possível ou para o impossível; para o que tem realmente valor e para o que não merece nenhuma consideração. É preciso ter muita formação, muita capacidade de reação, muita personalidade para não se deixar influenciar erradamente pela força da mídia.

            Em segundo lugar, é impressionante ver como muita gente é de uma futilidade impressionante. Pensa e quer viver de coisas medíocres, superficiais, perecíveis e a essas coisas dão um valor que jamais elas tiveram nem terão.

            Não se pode negar que é bom e bonito viver bem, ser apreciado pelas pessoas, ser considerado no meio em que se vive, e para tanto se pode usar de meios honestos, sérios e condizentes com o valor da pessoa humana. Mas, transformar simples vaidade no ideal de uma existência; fazer de coisas secundárias o objetivo de uma vida, se não é maluquice é, pelo menos, uma grandíssima tolice.

            Estamos desvalorizando o essencial; estamos absolutizando o relativo; estamos esquecendo que aqui, neste mundo, somos apenas passageiros e que, em breve, estaremos na eternidade, quando então prestaremos contas do bem e do mal que tivermos praticado neste terra.

            Razão tinha e tem o Eclesiastes: “Vaidade das vaidade, e tudo é vaidade!”. (Ecl 21,1) Ao que a Imitação de Cristo acrescenta: “exceto amar a Deus e só a ele servir”.


* É DOUTOR EM TEOLOGIA E VIGÁRIO-GERAL

Copyright  2004 -  Paróquia Divino Espírito Santo - Maceió/AL