| Poemas do Incio |

Página Inicial

20/02/2011

MONSENHOR PEDRO TEIXEIRA CAVALCANTE *

       Ninguém de bom senso vai ler os primeiros capítulos do livro do Gênesis e interpretá-los ao pé da letra. Mas, todo cristão sabe que a Bíblia é inspirada e, consequentemente, ela é a palavra de Deus, portanto, tudo que nela está escrito tem uma mensagem de Deus para nós. Basta ler esses capítulos do Gênesis com esse espírito de fé e vamos descobrir coisas maravilhosas, idéias profundas e mensagens atuais.
O fato do dilúvio, por exemplo, está cheio de ensinamentos maravilhosos. Vamos tomar apenas um, como modelo. O autor sagrado se espanta com o crescimento, com o desenvolvimento do mal no mundo. No começo fora apenas um fratricídio, mas, agora, o mal se alastrou de tal maneira que parece não exista quase mais ninguém que seja justo diante do Senhor. É aí que Javé resolve agir.
Mas a grande lição está no fato do desenvolvimento da maldade. Com efeito, nenhum grande ladrão começou roubando um banco, mas iniciou seus crimes com pequenos furtos. Nenhum alcoólatra começou sua vida de bebedeira, bebendo muito álcool no primeiro momento, mas foi de um cálice ou de um copo que passou para dois, três, quatro até chegar ao vício.
Assim, é a vida de pecado. O pecador – e todos nós o somos – quando se examina arrependido, ele descobre que está mergulhado em tal ou tal lama de pecado, porque, desde o início, não foi prudente, não evitou as ocasiões, não fez esforço para não cair nas tentações. Assim, pouco a pouco, de pecado a pecado, de falhas pequenas em falhas pequenas, chegou à lama e, agora, encontra-se atolado, perdido, viciado, sem forças e já não sente mais a maldade do seu pecado.
Não se pode brincar de pecar nem pensar que se trata apenas de uma falha diminuta, pois é justamente de pequenas coisas que se chega às grandes, isto no mundo do bem e no do mal. 


* É DOUTOR EM TEOLOGIA E PÁROCO DA PARÓQUIA DIVINO ESPÍRITO SANTO - JATIÚCA - MACEIÓ/AL

Copyright  2011 -  Paróquia Divino Espírito Santo - Maceió/AL