| Coroa de Espinhos |

Página Inicial

07/03/04

MONS. PEDRO TEIXEIRA CAVALCANTE *

       Meditar os mistérios do rosário é mergulhar na vida e na mensagem de Cristo. O rosário é uma oração profundamente cristocêntrica.
     O terceiro mistério doloroso é a coroação de espinhos. Por que Jesus se deixou coroar com espinhos? Que significado tem essa coroação?
     A cena é dramática. Após uma noite inteira de sofrimentos psicológicos e físicos muito dolorosos; após uma terrível flagelação, Jesus recebe na sua cabeça uma coroa feita de espinhos. A dor física foi terrível, mas certamente a dor moral foi muito mais profunda.
     A cabeça é a sede do cérebro que comanda nosso ser espiritual, com suas idéias e seus pensamentos. A coroa de espinhos de Jesus é um incentivo e um convite para mortificarmos tudo aquilo que sai da nossa cabeça. Certamente Jesus sofreu aquela coroação, para que superássemos os desencaminhamentos surgidos na nossa cabeça.
     Mas, certamente, a coroação de espinhos foi um ato de profunda e terrível desmoralização. Jesus, que se dizia e era de fato Rei, é desacreditado, ludibriado. A realeza de Jesus, que é real e verdadeira, é levada em zombaria. A coroação de espinhos foi, sem dúvida, um ato das maiores humilhações e zombarias de uma pessoa na hora de sua morte. Jesus, além de ter passado os horrores físicos, na sua paixão, foi terrivelmente desmoralizado. Certamente é essa uma das maiores humilhações pela qual alguém possa passar. Não respeitaram nem a hora da Paixão. Ser desmoralizado durante a vida já é terrível, imaginem quando essa desmoralização é perpetrada quase na hora da morte.
     Como Jesus sofreu!


* É DOUTOR EM TEOLOGIA E VIGÁRIO-GERAL

Copyright  2004 -  Paróquia Divino Espírito Santo - Maceió/AL