| O culpado por um mau governo |

Página Inicial

03/10/04

MONS. PEDRO TEIXEIRA CAVALCANTE *

       Deus não quer que nenhum dos seus filhos viva na miséria. Deus não quer que nenhum povo seja discriminado por causa de sua raça, cor, religião ou região geográfica. Deus não quer que nenhuma nação seja tão pobre que grande parte de sua população morra de fome. Deus não quer... Deus não quer muita coisa, que está errada na vida dos seus filhos, sejam eles quem forem, por causa de uma má gestão política, ou seja, por força de uma política sem planejamento; de uma política politiqueira; de uma política não orientada para o bem-estar do povo, mas unicamente baseada nos interesses pessoais e egoísticos dos governantes.

    Não há apenas um culpado, quando um governante desorienta sua ação política, procurando apenas se locupletar com os bens públicos, esquecido da finalidade para a qual foi eleito. Não há apenas um culpado, porque todos os seus eleitores são também culpados, porque ou não souberam votar, ou porque votaram naquele candidato movidos por interesses de se aproveitar de sua vitória, ou porque foram comprados com dinheiro, benefícios ou promessas de emprego.

    Quem vende seu voto, quem vota apenas movido por propósitos interesseiros, é tão culpado por um mau governo quanto ou mais o próprio mau governante. Estamos no dia das eleições municipais, não vendamos nosso voto; não nos deixemos comprar pelos candidatos, que querem chegar ao poder a todo custo para dele usarem para seu próprio proveito. Rezemos, peçamos a luz do Espírito Santo e votemos com uma consciência limpa naqueles que julgamos que serão dignos representantes do povo e que farão da nossa capital uma cidade limpa, bem planejada, com um bom serviço de transporte de tal maneira que nenhum maceioense tenha vergonha, quando visitar outras capitais nordestinas da porte da nossa querida Maceió.


* É DOUTOR EM TEOLOGIA E VIGÁRIO-GERAL

Copyright  2004 -  Paróquia Divino Espírito Santo - Maceió/AL